Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
We Brazil Energy

2021: um ano de recordes para a energia fotovoltaica

2021: um ano de recordes para a energia fotovoltaica

O recém-terminado ano de 2021 foi de recordes para a geração de energia fotovoltaica no Brasil, segundo informações levantadas pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

 

 

Em todo o ano, o segmento atraiu R$ 21,8 bilhões em investimentos, incluindo as grandes usinas e os sistemas de geração em telhados, fachadas e pequenos terrenos, um crescimento de 49% em relação aos investimentos acumulados até o final de 2020 no país.

 

 

Ainda conforme o levantamento, os investimentos do setor em 2021 criaram mais 153 mil novos empregos no Brasil, espalhados por todas as suas regiões. Desde 2012, a fonte solar fotovoltaica já movimentou mais de R$ 66,3 bilhões em negócios e gerou mais de 390 mil postos de trabalho. E no ano passado as contratações de pessoal cresceram 65% em relação aos empregos acumulados até o final de 2020.

 

 

Com esse avanço, o Brasil tem hoje 13 gigawatts (GW) de potência operacional de fonte fotovoltaica, somando as usinas de grande porte (geração centralizada) e os médios e pequenos sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos (geração distribuída), o que já representa quase a mesma potência instalada na usina hidrelétrica de Itaipu, a maior do Brasil e segunda maior do planeta.

 

Portanto, o país saltou de 7,9 GW de potência operacional solar instalada ao final de 2020 para 13 GW ao final de 2021, um aumento de 65%. Também ao longo de 2021, o mercado de geração fotovoltaica arrecadou R$ 5,8 bilhões em tributos federais, 52% a mais que no ano anterior. O desempenho elevou a fonte solar ao quinto lugar na matriz elétrica brasileira, ultrapassando a potência instalada de termelétricas movidas a petróleo e outros fósseis, que representam 9,1 GW.

 

 

Segundo a Absolar, a ampliação da fonte fotovoltaica está ajudando a reduzir a pressão sobre as hidrelétricas – que sofreram com a crise hídrica – e a evitar mais aumentos na conta de luz dos consumidores. Ainda conforme a entidade, as usinas solares de grande porte geram eletricidade a preços até dez vezes menores que as termoelétricas fósseis ou que a importação de energia de países vizinhos.

 

 

Hoje, há usinas solares de grande porte em operação em nove estados brasileiros, nas regiões Nordeste (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Sudeste (Minas Gerais e São Paulo) e Centro-Oeste (Tocantins).

 

Foto: Governo do Piauí

 

Fontes: Absolar, Estadão e Diário do Nordeste

 

#GeraçãoDistribuída #EnergiaSolar #Fotovoltaico #Sustentabilidade #Absolar #UsinasSolares #PainéisSolares #MatrizElétricaBrasileira #WeBrazilEnerg

Importadora e Distribuidora de equipamentos fotovoltaicos

Links Rápidos

Associado

We Brazil Energy | Energia Solar Fotovoltaica

Copyright © 2021 Todos os direitos reservados.