Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
We Brazil Energy

Geração de energia solar pode trazer ate R$139 bilhões em economia até 2050

Geracao-de-energia-solar-pode-trazer-ate-r-139-bilhoes-em-economia-ate-2050

A conta de luz dos brasileiros têm ficado cada vez mais cara em 2021, com o anúncio da bandeira vermelha a partir do mês de junho desse ano. A raiz deste problema está na crise hídrica e nas mudanças climáticas, fazendo com que usinas hidrelétricas estejam com os reservatórios baixos e que as termoelétricas precisem ser ligadas. Em virtude disso, aumentam as buscas pela energia solar, que apresenta muitos fatores positivos, como o fato de ser renovável.

 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a energia solar representa apenas 1,9% da matriz elétrica no Brasil. Um número ainda baixo perto da energia hídrica, principal fonte de energia utilizada no país, com 59,3%. No entanto, estudos das entidades relevam uma estimativa de que, em 2050, a energia solar irá ultrapassar a energia hídrica e se tornar a principal fonte, quando chegará a 32,2% da eletricidade gerada, enquanto a gerada a partir da água diminuirá até chegar a 30,2%.

 

Segundo o presidente executivo da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), Reginaldo Medeiros, um estudo revelou que 9 em cada 10 brasileiros desejam gerar energia elétrica em casa. Em relação à pandemia, a pesquisa informa que a conta de luz passou a pesar mais no orçamento família de 79% dos entrevistados, em razão do tempo em casa ou da redução da renda familiar; e 74% afirmaram que têm economizado energia elétrica para reduzir o valor da conta.

 

A Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) reafirma que os atributos positivos da geração própria de energia solar superam, com folga, eventuais custos aos consumidores brasileiros e podem trazer R$ 139 bilhões apenas em novos investimentos ao país até 2050. Segundo análise da entidade, benefícios da modalidade somam mais de R$ 150 bilhões no período, somente com a redução de custos no uso de termelétricas fósseis, uma das principais responsáveis pelo aumento tarifário na conta de luz e pelas emissões de poluentes e gases de efeito estufa do setor elétrico.

 

“A geração própria de energia solar ajuda a economizar água dos reservatórios das hidrelétricas do país e reduz o uso de termelétricas fósseis, caras, poluentes e responsáveis pela terrível bandeira vermelha. Com isso, ajuda a diminuir a conta de luz de todos os brasileiros. Por isso, é fundamental fortalecer e incentivar o uso desta tecnologia no Brasil”, comenta Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR.

 

A energia solar se divide em geração solar centralizada, utilizada pelas grandes usinas, e energia solar distribuída, que ocorre quando uma residência produz energia para si própria. De acordo com dados da ABSOLAR, em número de sistemas instalados, os consumidores residenciais estão no topo da lista, representando 41,3% do total de conexões. Em seguida, aparecem as empresas dos setores de comércio e serviços (36,0%), consumidores rurais (13,3%), indústrias (8,1%), poder público (1,2%), iluminação pública (0,02%) e outros tipos, como serviços públicos (0,01%) .

Importadora e Distribuidora de equipamentos fotovoltaicos

Links Rápidos

Associado

We Brazil Energy | Energia Solar Fotovoltaica

Copyright © 2021 Todos os direitos reservados.